9.5.11

29: Amo a liberdade, sou livre e você?

"Faça as coisas o mais simples que você puder,
porém não se restrinja às mais simples."
(Albert Einstein)

Olá!
E se eu começar informando que hoje estou com preguiça de escrever, o que você pensaria?
Calma... Não precisa se preocupar.
Não há nada de errado nisso.
Tudo está tão harmônico e belo.
Estou tão feliz!

"Deus é a vontade de estar feliz." 
(Cidade Negra)

Sinto uma felicidade plena e constante; mais tênue, porém mais realista. Não a sinto como uma grande excitação; pelo contrário, sinto paz. É como se eu me sentisse preenchida, completa. Tenho dedicado muito tempo à meditação e leitura de material inspirador e creio que isso tem feito a diferença.

"É bom ter livros de citações. Gravadas na memória, elas inspiram-nos bons pensamentos."
(Sir Winston Churchill)

Se você mora em Curitiba e está seguindo meu blog, poderia me dizer que foi o dia mais frio e acinzentado que me fez sentir esta falta de vontade de escrever. Então eu te diria: eu adoro os dias quentes e claros, mas o frio traz consigo um aspecto bem interessante, a introspecção.
São os dias em que mais tiro tempo para pensar na vida.
Além do mais, adoro as quatro estações bem definidas.
Gosto sair da rotina. Adoro as mudanças na paisagem.

"A mudança não assegura necessariamente progresso, mas o progresso implacavelmente requer mudança."
(Henry S. Commager)

Gosto de fazer o que tenho vontade.
Há dias que não consigo parar de digitar.
Outros dias, não quero escrever nada, nem ler.
E é assim que estou aprendendo a me amar.
Respeitando meu ritmo, minhas vontades e principalmente a minha liberdade.

"O destino dos homens é a liberdade." 

(Vinícius de Moraes) 


Mas olha eu aqui, eliminando a minha obrigação de escrever ao mesmo tempo em que não páro de escrever. Que contradição, não? Talvez o segredo seja justamente este, eliminar a obrigação!


"Quem você pensa que é?
Perguntou pra mim de queixo em pé.
Sou forte, fraca, generosa, egoísta, angustiada, perigosa, infantil, astuta, aflita, serena, indecorosa, inconstante, persistente, sensata e corajosa, como é toda mulher!
Poderia ter respondido, mas não lhe dei esta colher!"
(Martha Medeiros)


Concordo com os cinco desejos essenciais do homem, segundo a filosofia da Seicho No Ie:
Todo ser humano deseja ser amado, ser reconhecido, ser útil, ser elogiado e ser livre.

A liberdade não tem qualquer valor se não inclui a liberdade de errar."
(Mahatma Gandhi)

Sim, sou livre, mas na verdade você também é.
Liberdade, assim como a felicidade são um estado de espírito. Acredito que até mesmo o Mandela se sentiu de certo modo "livre" nos 27 anos em que ficou preso.
Ele continuou com suas orações, suas convicções, sua fé. 
Isso é liberdade! Ela não depende principalmente de fatores externos. Quantas pessoas são fisicamente livres, mas sentem-se presas? Vazias? Infelizes? Incompletas?

"Quando deixamos nossa luz própria brilhar, inconscientemente damos às outras pessoas permissão para fazer o mesmo."
(Nelson Mandela)

Queria terminar por aqui, mas, não consigo parar. Agora, quero escrever só mais um pouco.
Por que? Simplesmente não sei...
Então deixarei dois pensamentos que gosto muito.


"O segredo do mundo é que todas as coisas subsistem e não morrem, mas apenas se retiram de vista por algum tempo, voltando mais tarde. ...Jesus não está morto: está bem vivo; João, Paulo, Maomé ou Aristóteles também não estão mortos. Acreditamos em determinadas ocasiões que vemos a todos e podemos facilmente enunciar os nomes com os quais se apresentam..."
(Ralph Waldo Emerson)


"Quando a noite pousa sua mão estrelada sobre a nossa cabeça, entregamos o corpo e a alma ao repouso - a esse instante de renovação em que "não somos". Porém, alguma coisa no infinito continua zelando pela harmonia de tudo."
(NOVA ERA- Luiz Carlos Lisboa)


Obs.: Eu já te disse que Deus ama MUITO Você???



Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Toda reforma foi em algum tempo uma simples opinião particular." (Ralph Waldo Emerson)