13.6.11

64: Crises, problemas, desafios...









"Em momentos de crise, só a imaginação é mais importante que o conhecimento."


(Albert Einstein)



Olá!
Meu recado de hoje é "mega" rápido: 
"Não procure por grandes crises, problemas, desafios, para dar mais sentido a sua vida." 
A vida também pode ser interessante se for mais "light", com menos "drama". Por esta razão, discordo parcialmente do texto abaixo de Einstein. Acho que muitas vezes atraímos problemas demais, só para provar nosso valor e não precisamos disso. 





Mas se você está passando por um ou vários desafios, (alguns talvez bem grandes), apenas saiba que você é capaz de resolvê-los, ou não estaria nesta situação. Seu Eu verdadeiro, seu espírito sabe disso. 
Jamais pense que você vencerá uma crise qualquer sozinho(a), pois Você é Filho(a) de Deus e mesmo que queira, jamais está sozinho. Deus está com você em todos os momentos da sua vida. Sinta-o!






“Não pretendemos que as coisas mudem, se sempre fazemos o mesmo."
A crise é a melhor benção que pode ocorrer com as pessoas e países, porque a crise traz progressos.
A criatividade nasce da angústia, como o dia nasce da noite escura.
É na crise que nascem as invenções, os descobrimentos e as grandes estratégias.
Quem supera a crise, supera a si mesmo sem ficar “superado”.
Quem atribui à crise seus fracassos e penúrias, violenta seu próprio talento e respeita mais aos problemas do que às soluções.
A verdadeira crise, é a crise da incompetência.
O inconveniente das pessoas e dos países é a esperança de encontrar as saídas e soluções fáceis.
Sem crise não há desafios, sem desafios, a vida é uma rotina, uma lenta agonia.
Sem crise não há mérito.
É na crise que se aflora o melhor de cada um.
Falar de crise é promovê-la, e calar-se sobre ela é exaltar o conformismo.
Em vez disso, trabalhemos duro.
Acabemos de uma vez com a única crise ameaçadora, que é a tragédia de não querer lutar para superá-la.”
Albert Einstein



...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Toda reforma foi em algum tempo uma simples opinião particular." (Ralph Waldo Emerson)