28.8.11

135: Cientista relata motivos para crer em Deus


"Felicidade é estado de alma, é atmosfera, não depende de fatos ou circunstâncias externas."
(Clarice Lispector)

Olá!
Esquentou bastante, será que o inverno finalmente acabou?! Dia lindo e quente. O que fiz de mais gostoso: fui a uma festa de aniversário surpresa e revi muitos amigos queridos que eu não via há mais de um ano. No mais, trabalhei um pouquinho. Recebi o texto abaixo e gostei!


Cientista relata motivos para crer em Deus 
Razões para crermos em Deus 


Por A. CRESSY MORRISON
Ex-presidente da Academia de Ciências de Nova York 

“Nós ainda estamos no amanhecer da era científica, e toda aquisição de conhecimento nos revela mais e mais a obra de um Criador inteligente.

Fizemos descobertas estupendas; com um espírito de humildade científica e de fé fundamentada no conhecimento, estamos nos aproximando de uma consciência de Deus.

Eis algumas razões para minha fé:

Através da lei matemática podemos provar sem erro que nosso universo foi projetado e foi executado por uma grande inteligência de engenharia.

Suponha que você coloque dez moedas de um centavo, marcadas de um a dez, em seu bolso e lhes dê uma boa agitada. Agora tente pegá-las na ordem de um a dez, pegando uma moeda a cada vez que você agita o bolso.

Matematicamente sabemos que a chance de pegar a número um é de um em dez; de pegar a um e a dois em seqüência é de um em 100; de pegar a um, dois e três em seqüência é de um em 1000 e assim por diante; sua chance de pegar todas as moedas, em seqüência, seria de um em dez bilhões.

Pelo mesmo raciocínio, são necessárias as mesmas condições para a vida na Terra ter acontecido por acaso.

A Terra gira em seu eixo 1000 milhas por hora no Equador; se ela girasse 100 milhas por hora, nossos dias e noites seriam dez vezes mais longos e o Sol provavelmente queimaria nossa vegetação de dia enquanto a noite longa gelaria qualquer broto que sobrevivesse.

Novamente, o Sol, fonte de nossa vida, tem uma temperatura de superfície de 10.000 graus Fahrenheit, e nossa Terra está distante bastante para que esta “vida eterna” nos esquente só o suficiente!

Se o Sol desse somente metade de sua radiação atual, nós congelaríamos, e se desse muito mais, nos assaria.

A inclinação da Terra a um ângulo de 23 graus, nos dá nossas estações; se a Terra não tivesse sido inclinada assim, vapores do oceano moveriam-se norte e sul, transformando-nos em continentes de gelo.

Se nossa lua fosse, digamos, só 50.000 milhas mais longe do que hoje, nossas marés poderiam ser tão enormes que duas vezes por dia os continentes seriam submergidos; até mesmo as mais altas montanhas se encobririam.

Se a crosta da Terra fosse só dez pés mais espessa, não haveria oxigênio para a vida.

Se o oceano fosse só dez pés mais fundo o gás carbônico e o oxigênio seriam absorvidos e a vida vegetal não poderia existir.

É perante estes e outros exemplos que NÃO HÁ UMA CHANCE em um bilhão que a vida em nosso planeta seja um acidente. É cientificamente comprovado o que está escrito abaixo:

“Os céus manifestam a glória de Deus e o firmamento as obras de suas mãos.”
(Sal 19.1) 

“O Senhor com sabedoria, fundou a terra; preparou os céus com inteligência.”
(Prov 3.16) 

“Porque os atributos invisíveis de Deus, assim o seu eterno poder, como também a sua própria divindade, claramente se reconhecem, desde o princípio do mundo, sendo percebidos por meio das coisas que foram criadas. Tais homens são, por isso, indesculpáveis;”
(Romanos 1 : 20) 

"Deus deseja que todo homem seja salvo e chegue ao pleno conhecimento da verdade"
(1 Timóteo 2.4) 

Mas... Mesmo com estas evidências, continuarão existindo céticos, pois Deus se manifesta nas diferenças, no todo, no conjunto. No fundo é isso que faz a vida ter mais sentido, o fato de que não existe uma pessoa igual à outra; isso torna a vida muito mais desafiadora e interessante, não é?! E lá vem o clichê: "A vida seria muito chata se todos fôssemos iguais."



"Existe somente uma idade para a gente ser feliz, somente uma época na vida de cada pessoa em que é possível sonhar e fazer planos e ter energia bastante para realizá-los a despeito de todas as dificuldades e obstáculos.

Uma só idade para a gente se encontrar com a vida e viver apaixonadamente e desfrutar tudo com toda intensidade sem medo nem culpa de sentir prazer.

Fases douradas em que a gente pode criar e recriar a vida à nossa própria imagem e semelhança e vestir-se com todas as cores e experimentar todos os sabores e entregar-se a todos os amores sem preconceito nem pudor. 

Tempo de entusiasmo e coragem em que todo desafio é mais um convite à luta que a gente enfrenta com toda disposição de tentar algo NOVO, de NOVO e de NOVO, e quantas vezes for preciso.

Essa idade tão fugaz na vida da gente chama-se PRESENTE e tem a duração do instante que passa."
(Mario Quintana)


Tenha uma semana MARAVILHOSA!

...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Toda reforma foi em algum tempo uma simples opinião particular." (Ralph Waldo Emerson)