31.8.11

138: Negatividade é doença contagiosa. Tem como se proteger?




"É errado pensar que o amor vem do companheirismo de longo tempo ou do cortejo perseverante. O amor é filho da afinidade espiritual e a menos que esta afinidade seja criada em um instante, ela não será criada em anos, ou mesmo em gerações."
(Khalil Gibran)

Olá!

Como vai você que está lendo esta mensagem? Eu sempre me pergunto isso porque o bem estar das pessoas é algo que me interessa. Afinal, estamos realmente todos conectados e fazemos parte de uma grande família universal.
Hoje meu amor disse que estava um pouco desanimado pela manhã com algumas coisas que estão acontecendo na vida dele, mas quando nos encontramos tudo mudou, eu acho. Decidi que usaria este fato como um catalisador para compartilhar o meu bom humor, minha energia positiva. E foi o que fiz. Quando nos encontramos procurei transmitir muitas coisas boas e passamos momentos maravilhosos juntos.


"Amar não é aceitar tudo. Aliás: onde tudo é aceito, desconfio que haja falta de amor."
(Vladimir Maiakovski)


Também fui visitar a minha mãezinha que mora perto daqui e ela estava vendo um programa na TV que falava em mortes. Com centenas de opções na TV a cabo eu não podia acreditar que era isso o que mais interessava a ela naquele momento, pois somos muito parecidas e eu jamais vejo este tipo de programa. Fiquei pensando: o que isso agrega de positivo pra você, mãezinha? Pensei, pensei, pensei... Mas não disse nada porque ela já conhece a minha teoria a respeito. Creio que nosso cotidiano já é pleno de desafios, temos que fazer um incrível esforço para nos mantermos positivos e otimistas perante muitos acontecimentos próprios, então... Por que se conectar com desafios externos, que estão além de nossa ajuda e que contaminam a nossa vibração? 


"As nuvens mudam sempre de posição, mas são sempre nuvens no céu. Assim devemos ser todo dia, mutantes, porém, leais com o que pensamos e sonhamos; lembre-se, tudo se desmancha no ar, menos os pensamentos."
(Paulo Baleki)

Conforme já comentei aqui, sou muito exigente em relação às minhas companhias. Não vejo quase TV local, não gosto do conteúdo. Evito todos os noticiários na TV, pois são geralmente muito sensacionalistas e quase só divulgam notícias negativas. Leio notícias apenas na internet, pois sem som e sem imagens em movimento são menos impactantes. Cuido muito com o que penso, falo, creio, assimilo e sinto. Mesmo assim, com todo este cuidado, tenho minhas recaídas, como todos. Mas o que creio é que temos que tomar as rédeas de nosso alimento vibracional, pois tudo o que vemos e falamos possui uma certa frequência e nos conectamos a ela e atraímos/criamos situações em nossas vidas que estão diretamente ligadas a nossa frequência vibracional mais frequente, ou seja, dependendo do que escolhemos mais ver, pensar, acreditar, assim será a nossa vida. 


"As coisas não mudam, nós é que mudamos. O início de um hábito é como um fio invisível, mas cada vez que o repetimos o ato reforça o fio, acrescenta-lhe outro filamento, até que se torna um enorme cabo e nos prende de forma irremediável, no pensamento e ação."
(Orison S. Marden)

Hoje pela manhã fiquei abismada com a atitude de um vizinho meu. Era tanto mau humor que pensei: o que aconteceu ou está acontecendo na vida desta pessoa para ele estar emanando tanta energia ruim?
Mas uma coisa me deixou feliz, consegui não me contaminar com nada disso. No momento em que ia começar a vibrar na mesma frequência que ele, me contive, respirei fundo e pensei: "Ele não deve estar bem, mas eu estou e vou continuar assim, que Deus o abençoe e o faça se sentir melhor.


"Examina bem os teus pensamentos, e se os vires puros, puro será também o seu coração."
(Confúcio)

É incrível como consegui me "proteger" daquela influência e em poucos segundos eu estava muito bem novamente. Tenho conseguido me equilibrar mais quando vejo atitudes tão negativas. Estou feliz com meu "progresso" pois no passado eu ficava de mau humor na hora. Mais uma razão pela qual escolho a dedo as pessoas que fazem parte da minha vida, eu não tinha o menor "controle". Atualmente todos os meus amigos e conhecidos tem seus desafios, mas geralmente são pessoas alegres, espiritualistas e otimistas. Porém não podemos escolher 100% das companhias da nossa vida, seja na família, no trabalho ou na sociedade em geral, não é mesmo? 


"Somos o que pensamos. Tudo o que somos surge com nossos pensamentos. Como nossos pensamentos, fazemos o nosso mundo."
(Buda)

Então... Em um momento de reflexão esta tarde sobre este tema, encontrei o texto abaixo, postado no facebook pelo meu grande amigo Silvano e decidi publicá-lo em sua íntegra. Este material não é de minha autoria, mas fiquei muito curiosa sobre o tema e pretendo aprender mais a respeito. Preciso conversar com ele pois sei que aprenderei muito com ele. Aqui vai...


Negatividade é doença contagiosa.
Tem como se proteger?


Essa é uma pergunta um tanto frequente. Quando iniciamos nosso aprendizado na área de auto conhecimento começamos a entender a importância de cuidar do pensamentos, sentimentos e crenças negativas. Ficamos mais conscientes do quanto essa negatividade torna a vida mais difícil gerando problemas em todas as áreas.

Aprendemos sobre esse tema e passamos a identificar mais facilmente a negatividade que existe em nós mesmos e no mundo. Esse reconhecimento nos ajuda a fazer escolhas mais saudáveis. Ou seja, ao enxergamos mais nitidamente o que é negativo podemos nos afastar ou pelo menos não alimentar.

Passamos a observar a negatividade que existe nas conversas com os amigos, no trabalho, na televisão, na nossa família e no nosso próprio interior. Algumas pessoas ficam assustadas quando tomam essa consciência pois é realmente impressionante o quanto de negatividade existe e que a maioria nem se dá conta.

De repente você se vê em rodas de conversa que não fazem mais sentido. Comentários que você sabe que servem apenas para aumentar a negatividade, trazendo mais problemas. Essas conversas, notícias e programas de televisão acabam contaminando, mesmo que você não queira, os seus sentimentos. É raro alguém que consiga se manter imune ao entrar em contato com a negatividade. Quando vemos uma notícia ruim surgem imediatamente sentimentos em nós de raiva, tristeza, injustiça e outros. Quando as pessoas ao nosso lado fazem comentários pessimistas muitas vezes acabamos sendo influenciados.

A negatividade é grudenta, pegajosa. Ela tem um efeito de nos sugar para dentro dela como se fosse um redemoinho. Essa força é ainda maior quando se trata da negatividade que vem da nossa família. Tentamos nos manter positivos mas, quando nossos pais e irmãos começam a falar, nossos sentimentos e pensamentos negativos facilmente vêem a tona e são alimentados.

Será que existe um remédio pra isso? Como ficar imune? Como toda doença contagiosa, exige tratamento e prevenção. Da mesma forma que, para manter o físico saudável precisamos combinar uma boa alimentação, exercícios e tratamentos das enfermidades quando elas se manifestam, para cuidar do nosso interior será preciso uma combinação de fatores.

Uma das medidas de prevenção é se afastar cada vez mais do noticiário, que é sempre bem carregado de coisas negativas que nos coloca em um estado emocional desagradável. A escolha das noticias que são passadas são um reflexo da negatividade que existe na sociedade pois as pessoas se sentem atraídas em assistir noticias ruins. As noticias por sua vez, alimentam ainda mais a negatividade da sociedade, que buscará ainda mais noticias ruins, gerando um circulo vicioso. No artigo “o impacto negativo do noticiário” eu falo sobre esse tema em mais profundidade.

Outra medida de prevenção é se afastar de pessoas negativas o máximo que pudermos. Isso só é possível até certo ponto, pois não dá para nos isolarmos completamente e nem é esse o objetivo. Tem algumas pessoas da família ou do trabalho que não temos como nos afastar. Nesses casos só nos resta não alimentarmos a negatividade com nossos comentários e nos tornarmos mais fortes por dentro para não nos contaminarmos.

Esse fortalecimento interior funciona mais ou menos como o fortalecimento do sistema imunológico. Se estamos com uma boa imunidade os vírus e bactérias não conseguirão entrar no nosso organismo. Se o nosso interior estiver limpo e fortalecido não precisaremos nos preocupar tanto em nos afastarmos da negatividade pois ela pouco nos afetará. Esse é o estado ideal. Mas enquanto ainda não nos fortalecemos precisamos dos cuidados preventivos assim como uma pessoa com baixa imunidade precisa se afastar de outros doentes.

A EFT é uma poderosa aliada para fortalecer a nossa “imunidade anti-negatividade”. Ao limparmos os nossos próprios sentimentos negativos, ficamos menos suscetíveis as influências externas. Consigo perceber em mim uma diferença bem considerável na minha “imunidade anti-negatividade” ao longo do tempo. Antigamente as noticias e as pessoas me afetavam com bem mais intensidade. A medida que vamos limpando as mágoas, raivas, culpas, medos, traumas e crenças negativas que carregamos nosso interior fica cada vez mais saudável e fortalecido.

A negatividade interior atrai negatividade exterior e faz com que a gente sinta vontade de se conectar com mais sofrimento. Ou seja, a carga emocional de sofrimento que carregamos cria mecanismos para se alimentar e nos leva de forma inconsciente a buscar mais negatividade. É por isso que as pessoas se atraem por notícias ruins, comentários maldosos, fofocas, previsões pessimistas. Ao dissolvermos nossos sentimentos iremos sentir essa atração diminuir cada vez mais. Daí a importância da EFT para fazermos uma limpeza profunda e rápida, já que a técnica é extremamente eficaz.

Outra medida de fortalecimento do nosso sistema anti-negatividade é nos alimentarmos com coisas positivas. Entrar em contato com pessoas mais positivas, ler livros que trazem mensagens positivas como livros de auto ajuda, ler artigos sobre autoconhecimento (como os inúmeros que tenho no meu site), participar de cursos e palestras e etc. Em um determinado momento da minha vida quando a negatividade estava intensamente brotando do meu interior e sendo alimentada por fatores externos, mergulhei profundamente na leitura de tudo que eu podia encontrar que pudesse me ajudar. E o efeito foi realmente bem nítido. Se eu ficasse a mercê de mim mesmo, teria me afundado cada vez mais. Agradeço aos autores dos livros, pois eles foram pra mim como verdadeiros professores que me ajudaram a sair de onde eu estava.

De todas as medidas a que considero a mais importante é a limpeza emocional interior. Quando estamos cheios de lixo emocional, o esforço para nos conectarmos com coisas positivas é enorme. Ao aplicamos a EFT as mudanças costumam ser rápidas, muitas vezes espantosas. Limpando a nossa negatividade interior atingimos a raiz do problema e ficamos mais positivos sem precisar de esforço. Fica também muito mais fácil assimilar livros e não dar atenção a negatividade.

A EFT é uma técnica que você pode se auto aplicar e ter grandes resultados. Mas também incentivo a todos que busquem ajuda profissional para fazer algumas sessões (ou muitas), pois os resultados são bem mais rápidos e profundos com uma condução experiente. Vou recomendar alguns profissionais que conheço e sei que fazem um bom trabalho e que atendem pela internet (via skype) e presencialmente:

Luiz Antonio Berto – http://www.vivenciaemcura.com.br/atendimentoonline.html
Vitória - http://www.spaemocional.com.br/page_25.html
Sonia Novinsky:
http://www.emofree.com.br

Se você deseja ter uma experiência profunda com a EFT, estarei ministrando nos dias 01 e02 de outubro, um
Curso Online ao vivo de EFT ao vivo com 12 horas de duração:


Estarei também presencialmente com Workshops básicos em São Paulo dias 02, 03 e 04 de setembro, em Brasilia dias 23, 24 e 25 de setembro e em Recife dias 07, 08 e 09 de outubro:
http://www.eftbr.com.br/cursos-presenciais.asp

Abraços,
André Lima - http://www.eftbr.com.br



"Onde está o pensamento, está a força. 
É tempo de os gênios passarem à frente dos heróis."
(Victor Hugo)

...


2 comentários:

  1. muito obrigado pela citação grande amiga, esse tema é algo que me interesso muito, inclusive falo um pouco disso no meu novo artigo: http://www.portalnovaera.com.br/artigos/pecado-e-nao-ser-feliz/ (aproveitando pra fazer propaganda hehehe). Bom que existem pessoas que estão despertando e que percebem as insanidades energéticas que as pessoas fazem focando no negativo, aos poucos vamos espalhando isso e as novas gerações vão vir cada vez mais livres! abraço

    ResponderExcluir
  2. Querido amigo,

    Tenho aprendido com vc mais do que vc imagina.
    Quando estou muito ocupada, sem tempo para procurar um texto interessante, algo que seja "a minha cara", eu navego um pouquinho nas suas publicações e percebo o quanto vc é sábio e suas palavras merecem ser compartilhadas.

    Muito obrigada por existir!

    Continue assim...

    ResponderExcluir

"Toda reforma foi em algum tempo uma simples opinião particular." (Ralph Waldo Emerson)