20.9.11

158: Não seja apenas bom, seja bom e rico

"Para o sucesso, atitude é igualmente tão importante quanto capacidade."
(Harry F. Banks)

Olá!
Sei que já comentei anteriormente sobre um dos meus autores favoritos: T Harv Eker. Gostei muito deste texto dele e fiz uma tradução muito rápida,desculpe se houver algum erro, corrijo depois com calma. O título é: Não seja apenas bom (pessoa boa), seja bom e rico! E... Concordo plenamente com ele!











Don’t Just Be Good, Be Good and Rich

September 16th, 2011 by T. Harv Eker



What’s the root of all evil? Money, right? Wrong!



Qual é a raiz de todo mal? O Dinheiro, certo? Errado!





You’d be amazed how many people think being rich will make their lives worse, like they won’t be judged for who they are but for their money. So even though they want to be rich, they shirk it at the same time.


Você ficaria surpreso(a) se soubesse quantas pessoas pensam que enriquecer irá fazer a sua vida piorar, como se eles não passassem mais a ser julgados pelo que são, mas pelo seu dinheiro. Então, apesar deles quererem ser ricos, ao mesmo tempo fogem da riqueza.




This subtle yet profound fear keeps people from the truth: it’s good to be rich! Not just for the lifestyle, but because in the end, being rich makes us into better people.


Este medo sutil, porém profundo mantém as pessoas longe da verdade: é bom ser rico! Não só pelo estilo de vida, mas porque ser rico faz de nós pessoas melhores.





I can hear someone screaming, “What about the rich jerk who doesn’t tip even though the service was great? How’s money made him a better person?” Here’s a clue: whoever you are, money will make you more of that. If you are a kind, generous person who attracted like-minded people before being rich, you’ll continue to do so after because now you’ll be able to be evenmore generous on a larger scale.


Eu posso ouvir alguém gritando: "E o rico arrogante que não dá gorjeta mesmo quando o serviço foi ótimo? Como o dinheiro o fez ser uma pessoa melhor?" Aqui vai uma dica: quem quer que você seja, o dinheiro vai torná-lo mais do que você já é (maximizar suas características pré existentes). Se você é uma pessoa amável, generosa, que atraía pessoas de mentalidade semelhante antes de enriquecer, você vai continuar a fazê-lo depois, só que agora você vai ser capaz de ser generoso numa escala ainda maior.





It’s our duty to become rich if we can. We have an obligation to grow to our greatest potential, developing the character that can achieve and care about other people at the same time. This is the growth that will ultimately make us into better people.


É nosso dever nos tornarmos ricos, se pudermos. Temos a obrigação de crescer de acordo com o nosso maior potencial, desenvolvendo o caráter que pode vencer ao mesmo tempo em que se preocupa com outras pessoas. Este é o crescimento que acabará por nos transformar em pessoas melhores.





So what is the root of all evil? It’s not stacks of paper. Fear is at the root of our thoughts that tell us becoming rich will make things worse and take us away from being loved, accepted, and well-thought of.


Então, qual é a raiz de todos os males? Não são as pilhas de papel (moeda). O medo está na raiz dos nossos pensamentos incorretos que nos dizem que se nos tornarmos ricos, as coisas iriam piorar e nos impedir de sermos amados, aceitos e bem conceituados.




If we don’t accept that being rich can be a good thing for ourselves and for others, fear and doubt creates envy. Envy says, “I can’t have that, and I resent those that do.” Acceptance of what you really want says, “I can have that, and I will be a better person because of it.”


Se nós não aceitamos que enriquecer pode ser uma coisa boa para nós e para os outros, o medo e a dúvida criam a inveja. A inveja diz: "Eu não posso ter isso e me ressinto daqueles que a possuem." A aceitação de que você realmente quer diz: "Eu posso ter isso e eu serei uma pessoa melhor por causa disso."





So instead of secretly despising rich people, we should affirm them, even if they’re frickin jerks. We’re not affirming who they are as people—we’re affirming the idea that it’s okay to be rich. You can make a choice not to be selfish, arrogant, and thoughtless. Fear and envy negate thoughts of wealth and result in feelings and actions that take you away from it, even when you’re not aware of it.


Então, ao invés de secretamente desprezar os ricos, devemos elogiá-los, mesmo que eles ajam como arrogantes. Nós não estamos aceitando o que eles são como pessoas (comportamento), estamos aceitando a idéia de que não há problema nenhum em ser rico. Sendo rico você pode fazer uma escolha de não ser egoísta, arrogante e imprudente.
O medo e a inveja anulam os pensamentos de riqueza e resultam em sentimentos e ações que o levam longe dela, mesmo quando você não está ciente disso.





Here’s a simple exercise in overcoming fear. Think of something that you’ve always wanted to do but never got around to, and just do it (Don’t break any laws, though!). Even if you end up not wanting to do it again, at least you know instead of just holding back for whatever reason. You’ve broken through something, and other breakthroughs become easier. It’s the only way we’ll ever grow.


Aqui está um exercício simples para superar o medo. Pense em algo que você sempre quis fazer, mas nunca chegou a fazer, e apenas faça (porém não infrinja nenhuma lei!). Mesmo que você acabe não querendo fazer isso novamente, pelo menos você sabe que em vez de apenas se conter por qualquer motivo, você mudou e teve coragem de fazer algo que sempre quis. Você quebrou uma barreira e outros avanços se tornarão mais fáceis. É a única maneira de crescermos.





This is not just about being rich, although that is one of the goals. This is about growing ourselves to become bigger than the obstacles we’ll face in life. The more wonder we experience andchallenges we face, the more we expand to be able to take in more; the good and the bad; the money and the problems that come with it. In the end, striving toward becoming rich can only serve you, and if you choose it, serve others as well. How’s that a bad thing?


Este artigo não se refere apenas a enriquecer, embora esse seja um dos objetivos. É sobre  crescermos a fim de nos tornarmos maiores que os obstáculos que vamos enfrentar na vida. Quanto mais coisas novas experimentarmos e mais desafios enfrentarmos, mais nós expandimos para sermos capazes de assimilar mais; o bom e o ruim, o dinheiro e os desafios que vêm com ele. No final, se esforçar mais para enriquecer só pode beneficiá-lo, e se você escolher isso, beneficiará aos outros também. Como isso poderia ser algo negativo?


"Sucesso não é o final, fracasso não é fatal: é a coragem para continuar que conta."
(Sir Winston Churchill)

...


Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Toda reforma foi em algum tempo uma simples opinião particular." (Ralph Waldo Emerson)