3.11.11

201: Se alguém te procurar...



Olá!
A viagem para a minha terra natal (Guarapuava, PR) foi maravilhosa. Estava muito frio para esta época (5 - 15ºC). No sol estava agradável, mas na sombra fazia muito frio por causa do vento. Porém senti um calor humano enorme, principalmente porque vi meus irmãos, cunhadas e alguns amigos. Além de brincar com meu amado afilhadinho/sobrinho Davi, que é uma criança anjo, com certeza! Nada se compara ao amor de uma criança por você. Um sorriso sincero, uma bela risada, uma carinha de felicidade. Parece que é Deus falando com você. Não tem como não sentir um profundo amor incondicional à estas crianças que além de receberem muito amor, sabem dar também. Dei banho nele, contei uma história inventada e tentei colocá-lo para dormir. Vou guardar estas memórias para sempre, pois foi divino.



Um dia antes de viajar, derrubei meu celular (smart phone) e a tela quebrou completamente. Eu só conseguia receber chamadas e mesmo assim, após um período a ligação automaticamente caía. Não conseguia fazer ligações nem mais nada porque era com touch screen e eu não conseguia enxergar os ícones. Sinceramente na hora fiquei bem chateada porque uso para trabalho, para ver emails, etc. Não queria ficar sem este tipo de comunicação e não sabia quanto tempo levaria para consertar e quanto custaria.  Muitas vezes durante a viagem eu ficava um pouquinho preocupada, mas depois esquecia. Hoje ao acordar pensei, preciso de um novo celular. E... Esses dias eu ajudei um dos porteiros do meu prédio a comprar um computador. Fiquei mais de 1 mês tentando achar um equipamento razoável e que se encaixasse no orçamento dele, até que consegui e...


Hoje quando desci logo comerçamos a conversar, adoro os meus amigos/funcionários deste prédio. Mostrei a ele meu celular com a tela quebrada e comentei que precisava comprar um novo. Ele me disse: você não precisa fazer isso. Tenho um smart phone novinho que ganhei o meu cunhado que tem uma loja de celulares, eu não sei usar, é seu! Fiquei sem graça e não quis aceitar e ele insistiu! Insistiu tanto que acabei aceitando. Ele já foi abrindo, colocando o meu chip e me disse, só preciso de uma ajuda para achar uma empresa para consertar um computador de um conhecido meu, se você achar, ficamos quites. Assim o fiz, pois conheço uma empresa maravilhosa e muito honesta aqui de Curitiba para consertar o micro que ele mencionou. Dei o meu celular pra ele, pois se ele arrumar, fica pra ele e é bom. Não
é maravilhoso? Fiquei muito feliz e ele também! "Quid pro quo!"



Quid pro quo é uma expressão latina que significava "tomar uma coisa por outra". 
O seu significato nos países anglo-saxónicos evoluiu num sentido diferente, e é aí usada agora como como significando uma troca de bens ou serviços. É também aí muitas vezes usada como sendo troca de "favores".


O que ocorreu hoje me fez lembrar do texto abaixo, muito simples, mas verdadeiro:




SE  ALGUÉM  TE  PROCURAR...


Com frio... 
É porque você tem o cobertor.


Com tristeza... 
É porque você tem a alegria.


Com lágrimas... 
É porque você tem o conforto.


Com um silêncio perturbador... 
É porque você tem a música da alma.


Com dor... 
É porque você tem o curativo.


Com fome... 
É porque você tem o alimento.


Com perguntas... 
É porque você tem as respostas.



Com beijos... 
É porque você tem o amor.



Com desespero... 
É porque você tem a luz da sabedoria para orientar.


Com uma turma animada... 
É porque você sabe como fazer uma boa festa.



Com depressão.. 
É porque você tem a felicidade da alma para compartilhar.


Com ilusões destrutivas... 
É porque você tem a realidade de um mundo belo para demonstrar.



Com doença... 
É porque você tem o caminho para a cura.


Com falta de dinheiro... 
É porque você sabe o caminho para a verdadeira prosperidade.


Com segredos... 
É porque você tem a cumplicidade.


Com raiva... 
É porque você tem a paz de espírito.


Com insegurança... 
É porque você tem a segurança.


Com carência... 
É porque você É o AMOR!

(Autor desconhecido)


E... Por hoje é só!

Até amanhã!

...



Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Toda reforma foi em algum tempo uma simples opinião particular." (Ralph Waldo Emerson)