18.11.11

214: Ser Eterno




"O Paraíso é onde estou."
(Voltaire)


Olá!
Hoje fui almoçar aqui perto e acabei sentando ao lado de um casal desconhecido. Sem querer, acabei escutando a conversa, eram apenas colegas de trabalho. Ele falava sobre sua filosofia de vida estilo Carpe Diem e ela só reclamava de tudo. Pareciam ser de planetas diferentes, não concordavam em nada, embora a conversa fosse bastante amigável. Fiquei interessada nele, pois é tão bom ver um homem alegre, otimista, espiritualista, divertido, daqueles com um sorriso que ilumina o ambiente. Sabe como eu percebi seu sorriso?


O local estava cheio, só tinha um local vago ao lado dele, pedi licença e perguntei se podia sentar ali, ele me deu um sorriso tão convidativo que quase o abracei. A energia dele era tão agradável, fiquei hipnotizada pela conversa e ao sair, quase dei meu cartão pra ele, no mínimo poderia vir a ser um bom amigo. Fiquei pensando em perguntar: Que livros você lê? O que faz para manter esta energia tão boa? Como está a sua vida? Está num relacionamento? Como é a sua família? ... 


Ficarei curiosa pois não tive coragem de falar com ele, mas como ele comentou na conversa que mora aqui perto acho que nos encontraremos novamente e quem sabe uma hora eu crio coragem.
Mas... Como duas pessoas podem ser amigas e tão diferentes?
Pergunto isso porque me cerco sempre que possível das melhores companhias do universo. Meus amigos são todos pessoas prazerosas, é muito bom estar com eles, posso conversar sobre qualquer assunto com eles, são cultos, a energia é sempre muito positiva e a conversa divertida, animada, elevada. Sempre me faz muito bem estar com eles, volto para casa com um sorriso ainda maior. 


Evito o máximo possível a companhia de pessoas de mal com a vida pois parece que algumas pessoas gostam de nos "contaminar". É claro que tem dias que não estamos bem, mas numa conversa dá para sentir quando a pessoa está passando por um grande desafio temporariamente e por isto está desanimada, ou quando tem uma personalidade mais difícil. Esses dias estava com a TV ligada num quarto e eu aqui, no outro, acessando a internet e de repente um diálogo que me chamou a atenção, embora eu não saiba que filme, ou documentário era, me recordo de ouvir algo mais ou menos assim: 


"A personalidade de uma pessoa não muda muito, se a pessoa era alegre, otimista, verdadeira e passa pro um acidente onde perde um membro ou fica paralisada, depois de um tempo ela continuará a viver assim. Por outro lado, se uma pessoa era infeliz, pessimista, pobre, rabugenta e ganha uma fortuna, em pouco tempo continuará assim, pois a personalidade é mais difícil de mudar do que as circunstâncias externas."


Alguém sabe dizer a origem deste pensamento?
Qual destes dois modos de viver predomina em sua personalidade?
Fiquei pensando nisso e espero que eu consiga manter uma vibração positiva mais de 50% do tempo para "contaminar" as pessoas próximas com boas energias. E...
Para finalizar, uma reflexão que eu gostei muito, pois é bem profunda:


SER ETERNO



Diz a lenda que Merlim perguntou a Artur: 
"Quem é você?" 

Obteve como resposta:

"Sei quem eu sou, sou seu antigo amigo e discípulo".

Merlim rejeitou essa resposta e disse-lhe:
"O vento me disse quem você era".

Artur interrogou-o:
"O vento? Mas ele não disse nada."

Merlim então respondeu:
"Exatamente".

"O homem precisa aprender a ouvir o silêncio."

"Ser intemporal pode ser uma perspectiva assustadora se você estiver fortemente identificado com os papéis que desempenha".

Existe uma consciência isenta, alerta e silenciosa que é você mesmo, sem representações do dia a dia. 

Este estado sereno, silencioso e inominável existente em nós é a realidade a essência da vida. 

Ele não pode ser tocado pelo pensamento, pela fala ou pela ação.

A energia não tem início nem fim.

Enquanto acharmos que tivemos um início, não encontraremos a parte imortal, "que precisa nunca ter nascido para que possa não morrer nunca".

A consciência sobrevive à morte das moléculas nas quais ela viaja.

A expectativa é poderosa.

Cada experiência se baseia na continuidade que alimentamos ao nos lembrarmos de tudo como era no dia anterior, na hora anterior e no segundo anterior. 

Nossas mentes geram as mesmas imagens dia após dia.

Desapegue-se então um pouco, e lembre-se: 

Tudo a que você se agarra já está morto, porque é passado. 

"Morra" a cada momento e você descobrirá a porta para a "vida eterna".

Autoria desconhecida



"A alegria está em sermos absorvidos por completo no que estamos fazendo."
(Alexandra Stoddard, do livro “Escolha a felicidade”)


E... Antes de finalizar: CARPE DIEM:


Carpe Diem é uma frase em latim de um poema de Horácio, e é popularmente traduzida para acolha o dia ou aproveite ao máximo o momento presente.
É também utilizado como uma expressão para solicitar que se evite gastar o tempo com coisas inúteis ou como uma justificativa para o prazer imediato, sem medo do futuro.



Até amanhã!

...


Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Toda reforma foi em algum tempo uma simples opinião particular." (Ralph Waldo Emerson)