18.1.12

255: Mudanças e Reflexões de 1 ciclo no Mustang Sally







"O ser humano vivencia a si mesmo, seus pensamentos como algo separado do resto do universo - numa espécie de ilusão de ótica de sua consciência. E essa ilusão é uma espécie de prisão que nos restringe a nossos desejos pessoais, conceitos e ao afeto por pessoas mais próximas. Nossa principal tarefa é a de nos livrarmos dessa prisão, ampliando o nosso círculo de compaixão, para que ele abranja todos os seres vivos e toda a natureza em sua beleza. Ninguém conseguirá alcançar completamente esse objetivo, mas lutar pela sua realização já é por si só parte de nossa liberação e o alicerce de nossa segurança interior."
(Albert Einstein)

Olá!
Estou feliz e em paz, pois certos desafios estão sendo superados melhor do que eu imaginava.
Ontem foi uma espécie de "marco" em minha vida. Além de ter sido um dos meus melhores dias no ano passado (comentarei mais abaixo), infelizmente no dia seguinte fiquei sabendo que também foi o dia em que um tio muito amado faleceu. No mesmo dia, uma imensa alegria e uma tristeza profunda. A vida é cheia de altos e baixos mesmo, não é?!



Ontem fui à missa de 1 ano de seu falecimento. Senti um misto de gratidão e saudade. Como o sermão não prendeu a minha atenção, pois não tinha muita profundidade, nem sentimento nas palavras daquele padre e além disso, tinha muito sotaque, procurei me concentrar em nossas memórias. Chorei e ri. Também aproveitei para "conversar" com o meu pai pois eles eram irmãos e sinto que estavam juntos ali naquele momento. Por "coincidência" também era missa de Santo Antônio. Será que era uma indireta deles para mim? rsrsrs.

Santo António de Lisboa — também chamado "Santo António de Pádua", frade franciscano dos séculos XII e XIII, santo de Lisboa e de Pádua, Itália, Doutor da Igreja, particularmente venerado e popularmente como casamenteiro.

Cresci no meio de muitas crianças (irmãos, parentes e vizinhos), com certeza me diverti muito com elas, mas este tio foi o único "adulto" que brincou comigo naquela época. Ele realmente nos fazia rir das suas brincadeiras. Eu tinha entre 3 à 7 anos quando ele morou conosco, porém ele já era adolescente.
Guardo algumas memórias muito claras daqueles momentos e de muitos outros, pois ele me acompanhou em diversos momentos importantes, principalmente quando comecei a faculdade. Meu amor por ele ainda vive. Espero que ele sinta isso. Amo a sua família em geral, meus primos e minha tia são pessoas muito especiais para mim.



Mudando de assunto. 
Eu e meus amigos temos um "caso" antigo com um local aqui em Curitiba, o Mustang Sally. É um local para happy hour e encontros. Não sei descrever quantas vezes já fomos lá, pois começou há quase 1 década. No ano passado neste mesmo dia tive um dos encontros mais felizes neste local. Minha melhor amiga da Noruega (Andrea Heller) estava aqui com seu marido norueguês, o Steiner. Fui conhecê-lo e reencontrá-la e eu estava a mesmo tempo apresentando-a quem na época significava muito para mim e que acabou de virar meu ex (no Natal). 

Mustang Sally, Batel, Curitiba

Nos anos anteriores nos divertimos muito e obviamente, muitas coisas mudaram. Novamente no ano passado, neste mesmo dia (17/01), nos reunimos com diversos outros amigos e foi um encontro sensacional. 
Ontem aconteceu a mesma coisa, exatamente 1 ano depois, a Andrea Heller veio para Curitiba a trabalho para ficar menos de 1 semana e conseguimos nos reencontrar lá com alguns de nossos melhores amigos. Relembramos e celebramos tudo de bom que aconteceu neste período e fizemos muitos planos.


É claro que comentei sobre meu tio e meu ex. Meu tio estava muito doente e sofrendo bastante, então sinto que está melhor agora. Meu relacionamento terminou com certeza porque existe algo melhor à vista, a vida continua. Eu mereço o que há de melhor! 
Mas não foi uma conversa triste. Foi de desapego, gratidão por estarmos vivos e de alguns planejamentos futuros juntos (viagens ao redor do mundo e outras coisas).
Estou contente por tudo que já possuo de bom em minha vida, pelos meus amigos maravilhosos e pela antecipação de tudo de bom que está por vir. 



Foi muito divertido. Rimos, brincamos, conversamos sobre a vida, sobre livros, filmes, séries, amores, viagens, etc. Saboreamos muitas delícias. No final todos estavam ansiosos para me motivar a me abrir para este novo homem que sei que já existe e está "esperando" por mim. Fizemos uma "listinha" das qualidades que espero nele e eles estarão de "olho", pode?!


Não acredito que tudo deva ser 100% programado. A vida não segue regras tão definidas e seria muito chato se fosse assim. Só acredito que eu devo ter muito claro em minha mente que tipo de companheiro sinto ser o ideal para mim. No fundo muitos cometem o "erro" em focar no que não querem e esquecem de se aproximar do que esperam. É apenas isso! Não colocarei a lista aqui, acho que já dá para imaginar como é este parceiro, não é?! Ele não me completará, apenas equilibrará minhas características, numa espécie de yin-yang.



E...
O que aconteceu em sua vida nos últimos 365 dias?
Espero que muitas coisas maravilhosas!
Mas o que mais importa é onde você está agora e as bênçãos que virão!




Até amanhã!

...





Um comentário:

  1. Bom dia Márcia!!!
    Já me deliciei com suas mensagens e, confesso, já passei algumas para amigos queridos, pois seu coração fala por mim, portanto não me resta nada além de repetir suas palavras!!!
    Que seu dia seja pleno de alegrias!
    Bjs
    Dora

    ResponderExcluir

"Toda reforma foi em algum tempo uma simples opinião particular." (Ralph Waldo Emerson)