12.6.12

288: Feliz dia dos namorados


"A história de um amor pouco importa. O que vale é a capacidade de amar, provavelmente a única visão da eternidade que nos é permitida."
Helen Hayes


Olá!
Retornei de viagem ontem à noite e fiquei extremamente feliz em ver umas novas "carinhas" me "seguindo". Bem-vindos!!!
Passei uns dias aqui em Curitiba com minha família (meu afilhadinho amado de 2 anos) e depois fui para a minha terrinha Natal: Guarapuava, PR.
Como estava muito frio, ficamos em casa e comemos muito. Fiz meu delicioso fondue de "queijo e chocolate", dentre muitas outras coisas.



O frio e a chuva já passaram e o dia está lindíssimo, incrivelmente inspirador...
Novidades? Sim!
Estou amando!
Ainda não sei o que irá acontecer, mas já existe alguém vivendo numa "sala VIP" em meu coração.
E que melhor dia para expressar isso do que hoje?
(dia dos namorados)
Bem... Mais detalhes posteriormente. (prometo)
Por enquanto muito trabalho (ainda bem) e muito amor.
Inspire-se abaixo e curta não apenas o dia de hoje, mas se possível, ame intensamente a si mesmo e as pessoas especiais em sua vida todos os dias.
Seguem vários pensamentos que dedicarei ao "AMOR":






ENCONTRO



"Hoje a felicidade quer lhe abraçar,
quer lhe dar o gosto da vitória,
de saber que você é importante,
que é amado e pode amar.

A felicidade está de namoro com você,
e quer transformar o seu dia em conquistas.
Por isso, deixa de pensamentos "negativos",
pense grande, pense em realizações.

Problemas?
Quem não os têm?
O que importa de verdade, são as soluções,
a maneira como você reage diante da dor,
diante da decepção e faz das dificuldades
uma escada para subir, 
não um elevador que despenca.

Por isso, a felicidade cheia de saudades, 
marca um encontro com você,
e não aceita desculpas,
não comece com desalento,
nem venha com reclamações,
venha se arrastando,
mas não falte ao encontro com ela.

Encha-se de boa vontade,
vista-se de esperanças,
coloque a sua melhor roupa,
que tal um novo penteado?
A felicidade o espera,
que tal se arrumar melhor?

Não tem como fugir,
o amor vai lhe encontrar,
o dinheiro vai aparecer,
a saúde vai retornar,
a família vai se reunir,
o carro vai pegar,
o ônibus vai chegar,
tudo vai se encaixar.

Só não duvide do seu merecimento,
você merece esse encontro,
não deixe a felicidade esperando,
prepare-se para ser feliz.
E hoje é o dia perfeito para isso!

Eu acredito em você!" 

Paulo Roberto Gaefke 




"Amar, porque nada melhor para a saúde que um amor correspondido."

Vinícius de Moraes 




"Procurei-te em vão pela terra, 
perto do céu, 
por sobre o mar. 
Se não chegas nem pelo sonho, 
por que insisto em te imaginar ?"

CECÍLIA MEIRELLES 



"Você tem me ganhado nos detalhes e aposto que nem desconfia."

Caio Fernando Abreu






"Aquela era dessas saudades bem-vindas que trazem também descanso e alegria na sua cesta de bênçãos. Era dessas saudades que derrubam cercas e desenham pontes. 
Era dessas saudades que desembrulham lembranças que deixam o instante da gente todo perfumado de Deus. 
Aquela era dessas saudades generosas que bordam sol no tecido da alma com os seus lindos fios de amor." 

LYA LUFT 






PRA SE ROUBAR UM CORAÇÃO

Para se roubar um coração,
é preciso que seja com muita habilidade,
tem que ser vagarosamente,
disfarçadamente,
não se chega com ímpeto,
não se alcança o coração de alguém com pressa.

Tem que se aproximar com meias palavras,
suavemente, apoderar-se dele aos poucos,
com cuidado.

Não se pode deixar que percebam que ele será roubado, 
na verdade, 
teremos que furtá-lo, 

docemente.

Conquistar um coração de verdade dá trabalho,
requer paciência, 
é como se fosse tecer uma colcha de retalhos, 

aplicar uma renda em um vestido,
tratar de um jardim, cuidar de uma criança.

É necessário que seja com destreza,
com vontade, com encanto, carinho e sinceridade.
Para se conquistar um coração definitivamente
tem que ter garra e esperteza, 
mas não falo dessa esperteza que todos conhecem, 

falo da esperteza de sentimentos, 

daquela que existe guardada na alma em todos os momentos.

Quando se deseja realmente conquistar um coração,
é preciso que antes já tenhamos conseguido conquistar o nosso, 
é preciso que ele já tenha sido explorado nos mínimos detalhes, 

que já se tenha conseguido conhecer cada cantinho, 

entender cada espaço preenchido e aceitar cada espaço vago.

...e então, quando finalmente esse coração for conquistado, 
quando tivermos nos apoderado dele,
vai existir uma parte de alguém que seguirá conosco.

Uma metade de alguém que será guiada por nós
e o nosso coração passará a bater por conta desse outro coração.
Eles sofrerão altos e baixos sim, 
mas com certeza haverá instantes, 

milhares de instantes de alegria.

Baterá descompassado muitas vezes e sabe por que?
Faltará a metade dele que ainda não está junto de nós.

Até que um dia, cansado de estar dividido ao meio,
esse coração chamará a sua outra parte e alguém por vontade própria, 
sem que precisemos roubá-la ou furtá-la nos entregará a metade que faltava.
... e é assim que se rouba um coração, fácil não?

Pois é, nós só precisaremos roubar uma metade,
a outra virá na nossa mão e ficará detectado um roubo então!
E é só por isso que encontramos tantas pessoas pela vida a fora que dizem que nunca mais conseguiram amar alguém...
é simples...
é porque elas não possuem mais coração,
eles foram roubados, arrancados do seu peito,
e somente com um grande amor ela terá um novo coração, 
afinal de contas, 

corações são para serem divididos, 

e com certeza esse grande amor repartirá o dele com você. 

- Luís Fernando Veríssimo




"Amar cria raiz, sim. 

Cria, independentemente de ser verbalizado. 
Basta sentir o amor para que fiquemos dependentes dele, uma dependência boa, daquilo que nos faz sentir vivos."
MARTHA MEDEIROS 




"A vida fica muito mais fácil
se a gente sabe onde 
estão


os beijos de que precisamos." 



MÁRIO QUINTANA






"Basta-me um pequeno gesto,
 feito de longe e de leve,
para que venhas comigo
e eu para sempre te leve..."

CECÍLIA MEIRELES 



"Amor é quando as diferenças não
são mais capazes de separar."

J. de Bourbon Busset 




"Quero domingos de manhã. Quero cama desarrumada, lençol, café e travesseiro. Quero seu beijo. Quero seu cheiro. Quero aquele olhar que não cansa, o desejo que escorre pela boca e o minuto no segundo seguinte: nada é muito quando é demais." 

CAIO FERNANDO DE ABREU


"Soltei o mundo pra segurar sua mão..."
CAIO FERNANDO DE ABREU 



"Amar é mudar a alma de casa."
MÁRIO QUINTANA 




"Eu não vou te pedir nada. 
Não vou te cobrar aquilo que você não pode me dar. Mas uma coisa, eu exijo. 
Quando estiver comigo, seja todo você. 
Corpo e alma. Às vezes, mais alma. 
Às vezes, mais corpo. 
Mas, por favor, não me apareça pela metade. 
Não me venha com falsas promessas. 
Eu não me iludo com presentes caros.
Não, eu não estou à venda. 
Eu não quero saber onde você mora. 
Desde que você saiba o caminho da minha casa. 
Eu não quero saber quanto você ganha. 
Quero saber se ganha o dia quando está comigo"

CAIO FERNANDO ABREU 



"AMAR

Que pode uma criatura senão, entre criaturas, amar?
Amar e esquecer, amar e malamar, amar, desamar, amar?
Sempre, e até de olhos vidrados, amar?
Que pode, pergunto, o ser amoroso, sozinho, em rotação universal, senão rodar também, e amar?
Amar o que o mar traz à praia, o que ele sepulta, e o que, na brisa marinha, é sal, ou precisão de amor, ou simples ânsia?
Amar solenemente as palmas do deserto, o que é entrega ou adoração expectante, e amar o inóspito, o cru, um vaso sem flor, um chão de ferro, e o peito inerte, e a rua vista em sonho, e uma ave de rapina.
Este o nosso destino: amor sem conta, distribuido pelas coisas pérfidas ou nulas, doação ilimitada a uma completa ingratidão, e na concha vazia do amor a procura medrosa, paciente, de mais e mais amor.
Amar a nossa falta mesma de amor, e na secura nossa amar a água implícita, e o beijo tácito, e a sede infinita." 
CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE 




"Aquilo que a memória amou fica eterno."

ADÉLIA PRADO 




"Falo do amor ao despertar, 
Falo do amor quando sonho, com as flores, 

com os campos, as fontes, os ecos, o ar, os ventos, 

e se não houver alguém que me escute, 
falo deste amor comigo mesmo." 
Wofgang Amadeus Mozart 




"Será possível, então, um triunfo no amor? 
Sim. 
Mas ele não se encontra no final do caminho: 
não na partida, não na chegada, mas na travessia."
RUBEM ALVES 




O AMOR MADURO

"O amor maduro não é menor em intensidade. 
Ele é apenas silencioso. 
Não é menor em extensão. 
É mais definido colorido e poetizado. 
Não carece de demonstrações. 
Presenteia com a verdade do sentimento. 
Não precisa de presenças exigidas. 
Amplia-se com as ausências significativas. 
O amor maduro tem e quer problemas, sim, como tudo. 
Mas vive dos problemas da felicidade. 
Problemas da felicidade são formas trabalhosas de construir o bem, o prazer. 
Problemas da infelicidade não interessam ao amor maduro. 
Na felicidade está o encontro de peles, o ficar com o gosto da boca e do cheiro do outro - está a compreensão antecipada, a adivinhação, o presente de valor interior, a emoção vivida em conjunto, os discursos silenciosos da percepção, o prazer de conviver, o 
equilíbrio de carne e de espírito. 
O amor maduro é a valorização do melhor do outro e a relação com a parte salva de cada pessoa. 
Ele vive do que não morreu, mesmo tendo ficado para depois, vive do que fermentou 
criando dimensões novas para sentimentos antigos, jardins abandonados, cheios de sementes. 
Ele não pede, tem. 
Não reivindica, consegue. 
Não percebe, recebe. 
Não exige, oferece. 
Não pergunta, adivinha. 
Existe, para fazer feliz. " 


 - ARTHUR DA TÁVOLA




PARA SE GUARDAR UM AMOR 

"A gente nunca deveria se acostumar com o amor. Deveríamos ter sempre essa sensação de novo, novidade, como se, cada manhã, descobrindo o nascer do dia, nos extasiássemos diante do espetáculo como se ele jamais tivesse acontecido antes.

Falta cuidados com o amor, com a nobreza dele e é por isso que ele se apaga. O frio no estômago passa logo que o amor toma posse, o coração bate menos rápido com o decorrer dos dias, a saudade precisa de mais tempo para ser sentida e os hábitos se instalam.

A diferença básica entre homens e mulheres é que a primeira parte é mais racional, vê e ouve somente o que quer, se satisfaz com mais facilidade fisicamente e a segunda... ah, a segunda!... essa é a guardadora dos sonhos que faz com que muitos relacionamentos continuem até depois que o sentimento acabou. 

As mulheres trazem quase sempre escondido no peito a caixinha de promessas dos primeiros encontros, dos primeiros suspiros, primeiras palavras trocadas, elas guardam datas, tentam adivinhar os desejos, se especializam em surpresas e esperam secretamente ser adivinhadas.

Algo que aprendi com o tempo foi que o amor não é um conjunto de compatibilidades, mas a aceitação das incompatibilidades. Não amamos a outra pessoa quando ela tem algo que nos agrada, mas quando o que não nos agrada torna-se menos importante, mesmo se continua a existir. O amor está na diferença do contrapeso.

É preciso, para se guardar um amor, ter-se a memória fraca para certas coisas e um coração desesperadamente atento para outras. 

É preciso conhecer certos detalhes e dar-lhes a devida importância, apreciar o pôr-do sol como se fosse a primeira vez e se dar as mãos como se elas nunca se tivessem separado." 


- LETÍCIA THOMPSON





"Tudo que sabemos sobre o amor é que o amor é tudo que existe."
Emily Dickinson




Até breve!

...







Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Toda reforma foi em algum tempo uma simples opinião particular." (Ralph Waldo Emerson)