28.3.12

278: Um ano novo particular!


"A vida tem o colorido que a gente escolher..."
Marcia Karasinski


Olá!
Voltei!
Se você estiver me seguindo estaria esperando para hoje um layout novo aqui no blog, mas...
Não consegui ainda achar imagens e textos que se adequem perfeitamente ao meu momento.
Está tudo muito maravilhoso e muito cheio de mudanças.
Queria registrá-las através de novas cores, imagens, frases, mas ainda não encontrei exatamente o que queria. Talvez eu esteja ainda no meio do processo de transição.
Para citar algumas mudanças: hoje dia 29 estou abrindo oficialmente a minha empresa na área de comércio exterior e também é meu aniversário, além de ser aniversário de meu irmão mais velho (1 ano de diferença), aniversário de Curitiba e de Salvador. Que dia propício para festas, não?



Este é o bolo que encomendei o que você acha?
Bolo trufado de morango

Vou trabalhar nesta quinta a maior parte do tempo, então marquei um encontro com amigos do coração para o dia seguinte (sexta), pois achei melhor para todos.
Gostaria que pudessemos celebrar todos juntos.
No ano passado comemorei de modo bem especial, fui a um seminário especial para mulheres, aqui ao lado de casa no Hotel Bourbon. Teve um coquetel delicioso seguido de uma palestra (conversa) com a maravilhosa escritora Martha Medeiros.
Fui com a minha melhor amiga deste universo, a minha mãe.





Esta noite saí com a minha mãe e a melhor amiga dela (Regina).
Celebramos com um delicioso jantar, acompanhado de um delicioso espumante para podermos brindar a vida em geral e todas as coisas boas que estão acontecendo.
Escolhemos o restaurante Madero, do chef Junior Durski.
O pessoal sabia que meu aniversário seria só no dia seguinte, mas ainda assim os garçons entraram no clima adiantado, trouxeram uma deliciosa sobremesa, com direito à vela e parabéns da turma.
Muito bom!
Vou guardar este dia com muito carinho em minha coleção de memórias especiais.



Restaurante Madero - Cabral
Mas estou muito cansada, acordei antes das 7 hoje.
Minha cama está me chamando.
Gostaria de que você lesse (ou relesse) o que escrevi sobre aniversários, pois continuo pensando igual:


É um ano novo particular!


Segue o link da publicação que falo sobre o tema:


http://conquistandoumavidacomsentido.blogspot.com.br/2011/05/49-qual-o-significado-do-aniversario.html




PS: No início desta publicação de maio de 2011 (acima) falo de um amor, mas não estou mais com ele. Terminamos em dezembro. Meu coração está repleto de novas possibilidades...




Até breve!

...


25.3.12

277: O Rio e o Oceano




Olá!
Tudo bem?
Sei que já está virando costume, mas me desculpe pelo atraso na publicação e por ter divulgado o vídeo do holandês voador na publicação anterior, pois é um hoax (mentira falsa que roda a internet). Não vou deletar o vídeo porque mesmo assim, me inspirou a "voar"...
Mudando de assunto, fiz muitas coisas hoje (domingo).
Dei 2 voltas completas no parque Barigui pela manhã (5.3 Km cada volta) e mais exercícios, depois fui almoçar fora com a minha mãe e então trabalhei a tarde inteira num projeto novo aqui para o blog (aguarde até esta quinta, dia 29/03).
Pelo menos vou mudar as cores e imagens, mas quando der quero ir mais fundo e aceito sugestões.



Depois jantei, fui ao supermercado e estava fechando uns detalhes para um outro projeto, que não é deste espaço e sim da área profissional. Partilharei com vocês em breve muitas novidades.
Sinto que novos seguidores estão chegando e preciso "arrumar melhor a casa" para receber tantas pessoas especiais e manter os mais antigos ainda motivados. Por esta razão vou dar um upgrade neste espaço.
Tantas mudanças ao mesmo tempo... Mas eu havia prometido que faria isso, não é mesmo!?





O Rio e o Oceano


Diz-se que, mesmo antes de um rio
cair no oceano ele treme
de medo.

Olha para trás, para toda a jornada,
os cumes, as montanhas,
o longo caminho sinuoso através
das florestas, através dos
povoados, e vê à sua frente
um oceano tão vasto que entrar
nele nada mais é do que
desaparecer para sempre.

Mas não há outra maneira.
O rio não pode voltar.

Ninguém pode voltar.
Voltar é impossível na existência.
Você pode apenas ir em frente.

O rio precisa se arriscar e
entrar no oceano.

E somente quando ele entra
no oceano é que o medo
desaparece.

Porque apenas então o rio
saberá que não se trata de
desaparecer no oceano,
mas tornar-se oceano.

Por um lado é desaparecimento
e por outro lado é
renascimento.

Assim somos nós.

Só podemos ir em frente e arriscar.
Coragem !! Avance firme e torne-se Oceano!!!

(Osho)


Mas não é preciso ser assim...

Pois podemos selecionar nossas escolhas também!

Não é mesmo?!



Chega de desculpas!


E... até breve!

...





22.3.12

276: Vamos voar?


"O Lótus é uma planta que semeia suas sementes no barro mais negro e juntamente com as primeiras agitações da vida renovada essa planta busca a luz. 
Com uma determinação intensa ela atravessa a lama, depois o brejo, para então surgir como uma linda flor nascida do Espírito.
É função da sua alma compartilhar sua beleza com o mundo.
Ela é alegria e inocência em estado puro, vivendo avidamente cada momento."


Olá!
Antes de ontem foi um dos dias mais produtivos da minha vida. Fiz tantas coisas e tudo se encaixou perfeitamente em várias áreas. Mas eu estaria sendo injusta se reclamasse do dia posterior, pois ontem foi um dia quase tão maravilhoso quanto ontem.
Lindo. Novamente inspirador...
Que sensação agradável.
É tão bom quando no meio da correria a gente acha um tempo para apreciar o céu, o por do sol, a natureza, não é?!
Fui correr num parque aqui perto e consegui me recarregar de muitas energias positivas.


O desenho que as nuvens rabiscaram no céu ainda há pouco não é o mesmo deste instante. A borboleta que passeava entre as flores acaba de pousar numa delas. O passarinho que estava no galho da árvore, agorinha, já voou. No seu próprio ritmo, cada pedaço de vida do planeta inspirou e expirou nesses últimos segundos. Pessoas nasceram. Pessoas morreram. Meu coração bombeou sangue. Suas pálpebras se movimentaram, durante o tempo dessas frases. Vida é movimento !
[Ana Jácomo]


Sei que muitas pessoas acreditam em signos (talvez a maioria), mas eu não entendo muito sobre o assunto ou seja, não deveria opinar, porém não resisto, então aqui vai um comentário de uma não especialista: parece que eu deveria estar no meu inferno astral pois meu aniversário é na semana que vem, mas estou nas nuvens. Muitas novidades em breve. O que importa é que estou no "paraíso". E espero que muitos estejam comigo, sentindo esta sensação, pois não é um local, apenas uma sensação, não é?!




Tenho trabalhado bastante, mas muito mesmo. Mas estou feliz porque estou pela primeira vez amando o que faço. Talvez por esta razão estou me deparando com pessoas fantásticas e as parcerias não poderiam ser melhores. Quanto ao meu coração, apareceram algumas oportunidades bem maravilhosas e talvez um já esteja sendo "escolhido", mas vamos ver o que o tempo diz. Não é fácil, mas é preciso ter desapego não é? Só sei que estou vivendo cada dia como se fosse o último, tentando saborear cada momento. 



Hoje ao acordar entrei no facebook e vi que a filha de uma amiga minha faleceu. Ela tinha apenas 11 anos (eu acho) e estava com leucemia. Não consigo nem de perto imaginar a dor desta família, mas além de mandar vibrações de amor para eles, tenho a obrigação de sentir ainda mais felicidade e gratidão por estar aqui, feliz e saudável, é esta a principal "lição" talvez que estes seres especiais nos deixam quando partem tão cedo. 



Mas como ando muito ocupada, gostaria de deixar você na companhia de um vídeo muito fantástico. Queria ser este holandês que descobriu um jeito de voar como um pássaro. Isso mesmo, ele voou. Não acredita? Veja o vídeo abaixo e inspire-se! Você também nasceu para ultrapassar todos os limites, você é Filho(a) de Deus e pode alcançar o que ninguém imagina.



video

E quais são as barreiras que te impedem de voar?
Como estão seus planos?
Ainda acredita neles ou já desistiu?




Até breve!


...



18.3.12

275: A sabedoria do bambu chinês


"Nunca pense que um pequeno grupo de indivíduos altamente dedicados não pode mudar o mundo. Na verdade, foram eles os únicos que já o fizeram."
Margaret Mead - Antropóloga



Olá!
Acordei tarde hoje, fui direto almoçar.
Estava delicioso (comida japonesa e chinesa) e depois, uma longa caminhada/corrida num parque.
Estou feliz. 
Cheguei tarde ontem pois saí para celebrar o aniversário de duas pessoas muito especiais e de quebra conheci um nova-iorquino e um norueguês que se juntaram à nossa celebração com brasileiros e uma colombiana.
Comida deliciosa e companhias espetaculares, receita perfeita!
Fomos a um local chamado: Elvis Costella. Com música e decoração dos anos 60.



Em relação à minha vida em geral: Sabe quando você sente que tudo está se encaminhando?
Mas por diversas vezes tive dúvidas, as manifestações não apareciam e eu achava que nada estava progredindo.
Se existe alguém neste mundo que tenta acertar, persistir, acreditar, sonhar, aprender... Sou eu!
Mas sou humana e sei que quando não vemos os resultados imediatos muitas vezes nos frustramos, não é mesmo?!
Acho que isso acontece com todos.
Esses dias li o texto abaixo e gostei, pois é sobre este tema, então o colocarei na íntegra, ok?


"A sabedoria do bambu chinês"



Por ter raízes profundas, o bambu chinês consegue enfrentar uma tempestade sem se quebrar.

A semente do bambu quando plantada, não desabrocha rapidamente para fora da terra. Ela tem o seu crescimento no subterrâneo durante quatro anos, e fica para fora da terra somente um broto muito pequeno.

Durante esses quatro anos, a raiz cresce e torna-se forte, procura formar um alicerce cada vez mais forte, coloca as raízes na direção onde consiga mais água e substâncias que irão fazer com que cresça.

Ao fim do quarto ano, o broto começa a desenvolver-se e é capaz de atingir 25 metros num ano, o mesmo comprimento que têm as suas raízes. Ele torna-se alto, fino e oco por dentro e por causa destas características, consegue enfrentar uma tempestade ao dobrar-se perante os ventos fortes.

Porque falo do bambu chinês?

O ser humano está cada vez mais imediatista e quer que as coisas aconteçam num piscar de olhos como se fosse esfregar a lâmpada maravilhosa de Aladin e tudo aparecer!

O bambu ensina-nos que, para se atingir lugares cada vez mais altos, é preciso primeiro fazer os alicerces buscando a formação, tanto espiritual como profissional, e direcionar as nossas “raízes” para os objetivos.

Podemos aprender também que, assim como a semente do bambu chinês leva quatro anos a criar o seu “alicerce” para depois no quinto ano crescer para o alto, as coisas não acontecem de um dia para o outro, são precisas semanas, meses ou até anos para se ver algum resultado e entender que as oportunidades de sucesso aumentam quando cuidamos bem do “broto do bambu”.

Ao agir assim, o quinto ano chegará e muitos vão dizer que é sorte ou que alguém ajudou. Na verdade as pessoas dizem isto porque não acompanharam o crescimento das “raízes”.

Há mais dois ensinamentos a que devemos prestar atenção!

Primeiro ensinamento: quando digo que o bambu é oco, não estou a querer falar do conteúdo, já que este está nas raízes que demoraram quatro anos para crescer. Oco, no ensinamento do bambu, quer dizer uma pessoa flexível que consegue pensar diferente, livre de rancores e ressentimentos que apenas atrapalham a renovação constante do ser.

O segundo ensinamento é que por o troco ser alto (bem preparado), oco (flexível, sem rancores e ressentimentos) e ter raízes profundas (ter conhecimentos e uma boa conduta ética) o bambu consegue enfrentar uma tempestade sem se quebrar.

Vamos refletir sobre isto com a epígrafe da semana:

"Qualquer árvore que queira tocar os céus, precisa ter raízes tão profundas a ponto de tocar os infernos."
(Carl Gustav Jung)

Texto de:
Maria Luísa Albuquerque
Psicoterapeuta e Hipnoterapeuta





Até breve!

...


13.3.12

274: Receita mágica para uma vida feliz


"Os grandes essenciais para a felicidade nesta vida, 
são alguma coisa para fazer,
alguma coisa para amar
e algo por que esperar."
Joseph Addison

Olá!
Como vai você que me acompanha já há algum tempo?
E você novo seguidor, tudo bem?
Mais uma vez, bem-vindos novos membros, vocês todos tem o poder de alegrar o meu dia, simplesmente por estarem aí, de certa forma me fazendo companhia nesta jornada que com certeza não é só minha.
Estava pensando... Me propus a registrar 365 dias. Hoje estou na publicação número 274, ou seja, a maior parte deste período já passou, então... o que será que "aprendi" até agora?
Talvez inconscientemente eu estivesse procurando pela fórmula mágica da felicidade. Se sim, será que a encontrei?
Quais foram as mudanças ocorridas? Como está minha vida em geral? Minha personalidade? Disciplina? Saúde? Amor? Trabalho? Família? Espiritualidade?


Hoje tive o prazer de ler novamente uma publicação do blog de uma amiga muito querida, a Liliane Gomes. 
Nós estudamos juntas na PUC-PR (Ciência da Computação), há muitos anos. 
Atualmente mantemos contato mais pelo facebook, porém ela é uma daquelas pessoas que a gente quer ter por perto por inúmeras razões: 
Ela pratica muita meditação, cuida da saúde, da alimentação, é budista praticante, além disso, é linda, querida, inteligente, dedicada, amiga, tem uma família linda e é uma mãe e esposa incrível. 
Como é bom conhecer pessoas assim.


Adivinhe sobre o que ela estava comentando em seu blog?
Sobre algo que me acompanha todos os dias: uma vontade imensa de acertar, de fazer melhor, de sentir que estamos crescendo, de vencer barreiras, aprender algo novo, de ser feliz, estar bem, ter saúde, estar em harmonia, fazer o bem, amar mais a família, se sentir útil, aceitar os dias como eles são, ter mais disciplina, meditar/orar/rezar mais, estar mais em contato com o que consideramos "sagrado", enfim... sentir que estamos de uma certa maneira "evoluindo".


Quando converso com as pessoas e elas se abrem, vejo que esta busca é universal. No fundo queremos sempre esta receita mágica para uma vida perfeita e feliz. Queremos ter a sensação de que algo está sendo conquistado e para isso, se possível,  gostaríamos de encontrar um mapa, um atalho que nos indique o caminho mais fácil e rápido. 
Pelo menos eu sou assim, gostaria de poder "acertar" sempre. Viver segura, tranquila, confiante. Como quando aprendemos a andar de bicicleta e jamais esquecemos.


Mas se existe algo que percebo é que eu estou sempre aprendendo (ou relembrando) as mesmas coisas e embora a maior parte dos pensadores insistam na ideia de que a vida seja uma escola, se isso for verdade, tenho a sensação de ter falhado inúmeras vezes, pois me pego cometendo os mesmos pequenos erros, ou seja, será que estou repetindo estas "matérias" eternamente? 
Será que sou uma má aluna da escola da vida?


Certos dias acordo transbordando paz, sinto uma conexão com o que considero sagrado tão forte que não ando, "flutuo", vejo o belo e a perfeição em tudo, sinto uma conexão com todos e uma vontade de amar o universo inteiro, de perdoar e de transcender.
Também existem aqueles dias neutros, sem altos e baixos, "normal" em que nem paro para pensar, apenas ajo quase que automaticamente... 
Outros dias acordo eufórica, feliz, apaixonada pela vida, otimista, sonhadora, cheia de planos, com vontade de dançar, viajar, gritar de alegria, pular, gargalhar, brincar, ousar... 


Porém certos dias acordo sentindo uma sensação de vazio, de tristeza, de desconexão, de separação, desânimo, uma espécie de dor na alma... 
Esses são aqueles dias que o simples fato de sair da cama parece precisar de todas as minhas energias. 
Geralmente nestes dias não quero ver nem falar com ninguém, quero ficar sozinha, mas como isso é impossível, coloco uma bela máscara e faço um enorme esforço e sorrio, pois penso que ninguém precisa se contaminar com meu mau humor.


Sim, também tenho meus dias "ruins". Nestes dias muitas vezes não sinto nem vontade de escrever. Porém, será que não é justamente este o segredo da vida? A falta de rotina? Ter um dia completamente diferente do outro? O inesperado? O dia "ruim" como um parâmetro para podermos avaliar o que é ter um dia "bom"?
Só sei que felizmente tenho mais dias normais, bons, alegres e extraordinários do que dias "ruins" e isso me faz sentir que a vida vale a pena e mais importante do que isso, que ela tem sentido e valor.


Se você é daqueles que acha que os outros são completamente felizes e que apenas a sua vida tem desafios ou sente que poderia fazer melhor, saiba que você não está sozinho. Talvez apenas desconheça os desafios alheios, estes podem ser iguais ou maiores do que os seus.
Mas por que tantos desafios? Por que nossa evolução é um exercício constante?
Talvez porque no fundo reconheçamos a força infinita de nossa capacidade, de nosso poder de superação, por isso criamos/atraímos desafios para manifestar a incomparável força de nossa natureza divina. Somos seres divinos, capazes, perfeitos, amados e eternos. No fundo, nada é estático, tudo sempre muda e se renova, até mesmo os desafios.


E a receita mágica? Será que existe? será que a encontrei?
Ou outra pessoa a encontrou?
Meu irmão mais novo (Carlos Alberto Karasinski) me enviou hoje um email intitulado: "celebrando o envelhecimento" e como pertence ao mesmo tema, ou seja, a "receita para uma vida feliz", pretendo compartilhá-lo com você. 
Afinal, quem sabe a senhora americana Regina Brett, de 90 anos esteja correta. Aqui vai:


"Para celebrar o meu envelhecimento, certo dia eu escrevi as 42 lições que a vida me ensinou. É a coluna mais solicitada que eu já escrevi." 

Meu hodômetro passou dos 90 em agosto, portanto  aqui vai a coluna mais uma vez:

1. A vida não é justa, mas ainda é boa.

2. Quando estiver em dúvida, dê somente o próximo passo, pequeno.

3. A vida é muito curta para desperdiçá-la odiando alguém.

4. Seu trabalho não cuidará de você quando você ficar doente. Seus amigos e familiares cuidarão. Permaneça em contato.

5. Pague mensalmente seus cartões de crédito.

6. Você não tem que ganhar todas as vezes. Concorde em discordar.

7. Chore com alguém. Cura melhor do que chorar sozinho.

8. Economize para a aposentadoria começando com seu primeiro salário.


9. Quanto a chocolate, é inútil resistir.


10. Faça as pazes com seu passado, assim ele não atrapalha o presente.

11. É bom deixar suas crianças verem que você chora.

12. Não compare sua vida com a dos outros. Você não tem idéia do que é a jornada deles.

13. Se um relacionamento tiver que ser um segredo, você não deveria entrar nele.

14. Respire fundo. Isso acalma a mente.

15. Livre-se de qualquer coisa que não seja útil, bonito ou alegre.

16. Qualquer coisa que não o matar o tornará realmente mais forte.

17. Nunca é muito tarde para ter uma infância feliz. Mas a segunda vez é por sua conta e ninguém mais.

18. Quando se trata do que você ama na vida, não aceite um não como resposta.

19. Acenda as velas, use os lençóis bonitos, use roupa chique.  Não guarde isto para uma ocasião especial. Hoje é especial.

20. Prepare-se mais do que o necessário; depois, siga com o fluxo.

21. Seja excêntrico agora. Não espere pela velhice para vestir roxo.

22. O órgão sexual mais importante é o cérebro.

23. Ninguém mais é responsável pela sua felicidade, somente você.

24. Enquadre todos os assim chamados "desastres" com estas palavras "Em cinco anos, isto importará?".

25. Sempre escolha a vida.

26. Perdoe tudo de todo mundo.

27. O que outras pessoas pensam de você não é da sua conta.

28. O tempo cura quase tudo. Dê tempo ao tempo.

29. Não importa quão boa ou ruim é uma situação, ela mudará.

30. Não se leve muito a sério. Ninguém faz isso.

31. Acredite em milagres.

32. Não faça auditoria na vida. Destaque-se e aproveite-a ao máximo agora.

33. Envelhecer ganha da alternativa "morrer jovem".

34. Suas crianças têm apenas uma infância.

35. Tudo que verdadeiramente importa no final é que você amou.

36. Saia de casa todos os dias. Os milagres estão esperando em todos os lugares.

37. Se todos nós colocássemos nossos problemas em uma pilha e víssemos todos os outros como eles são, nós pegaríamos  nossos mesmos problemas de volta.

38. A inveja é uma perda de tempo. Você já tem tudo o que precisa.

39. O melhor ainda está por vir..., e o pior também!

40. Não importa como você se sente, levante-se, vista-se bem e apareça.

41. Produza!

42. A vida não está amarrada com um laço, mas ainda é um "presente".








E quais as suas receitas para uma vida feliz?




Até breve!

...